Sossego e lazer às margens do Rio Guaíba, conheça a história do bairro Guarujá.

Compartilhe:




O Guarujá foi constituído como tal em 1959, embora seu povoamento seja anterior. Não há como dissociar o desenvolvimento do bairro Guarujá da construção da Igreja Santa Rita de Cássia. No entanto, a mobilização em torno disso foi um grande fator não só para o crescimento do Guarujá, mas também para os demais bairros próximos, tais como o Espírito Santo e a Ponta Grossa, que passariam a dividir a mesma paróquia.

Com a constituição da Igreja (finalizada em 1952), a então tradicional calmaria do Guarujá passou a ser deixada de lado nos meses de maio, quando acontece a festa de Santa Rita, a qual desde 2004, consta do Calendário de Eventos Oficiais de Porto Alegre. As festividades acontecem ali anualmente, no domingo que antecede o dia 22 de maio, dia oficial de Santa Rita, mas festa acontece anualmente, desde 1968, promovida pela comunidade.

Assim como grande parte dos bairros da Zona Sul, igualmente o Guarujá, com a abertura de vias ligando o bairro ao Centro, passou progressivamente de local de veraneio para zona residencial, mas ainda caracterizado por ser um bairro muito tranquilo.

Infelizmente a população não tem mais condições de balneabilidade devido à poluição do rio, porém as alternativas de lazer são inúmeras, como a Praça Zeno Simon, uma área verde de 30 mil m² à beira do Guaíba, que contém quadras esportivas, pista de skate e churrasqueiras cobertas.

Confira algumas das nossas melhores oportunidades para viver neste ótimo bairro.